Rally dos Sertões – Vinícius Mota e Rafael Shimuk são campeões dos UTVs

Can-Am Maverick conquista segundo título consecutivo da categoria; Entre os quadriciclos, Gabriel Varela sobe no pódio em terceiro lugar com o Can-Am Renegade.
Fonte: Mundo Press

VINICIUS MOTA / RAFAEL SHIMUK - Foto: Idario Café | Mundo Press

Após sete dias de desafios extremos entre Goiânia (GO) e Belo Horizonte (MG), o Rally dos Sertões teve fim neste sábado com a vitória emocionante dos estreantes Vinícius Mota e Rafael Shimuk entre os UTVs, a bordo do Can-Am Maverick. A dupla maranhense mostrou determinação e persistência e subiu posições a cada etapa, até assumir a liderança da classe apenas neste último dia de disputas e garantir o título, de acordo com os resultados extra-oficiais. Entre os quadriciclos, Gabriel Varela assegurou o terceiro lugar do pódio e venceu a classe QDA com o Can-Am Renegade. O percurso total da prova, válida pelo Campeonato Mundial e pelo Brasileiro da modalidade, incluiu mais de 2.500 quilômetros (cerca de 1.400 km de trechos cronometrados).

A sétima e última etapa teve início em Diamantina (MG) com 327 km até a capital mineira, sendo 126 de especiais. Vinícius Mota e Rafael Shimuk iniciaram o dia em segundo lugar dos UTVs, pouco mais de meia hora atrás de André Sawaya/Eduardo Costa, mas a dupla paulista teve problemas e não completou a etapa. Os maranhenses mantiveram o foco e cumpriram o dia com o quarto melhor tempo, o suficiente para conquistar a taça. Assim, pela segunda temporada consecutiva, o Can-Am Maverick é o grande destaque da categoria dos UTVs no Rally dos Sertões – no ano passado, Carlo Collet e Marcos Lara foram campeões a bordo do veículo.

Ao cruzar a rampa de chegada, Vinícius Mota não escondeu a alegria, ainda mais por ser a sua estreia no Sertões competindo com o Can-Am Maverick praticamente original de fábrica. “Estou muito feliz e um pouco surpreso, já que para nós tudo foi novidade. O nosso grande trunfo foi saber fazer uso do equipamento, acelerando e poupando nos momentos certos, e deu tudo certo para chegarmos até aqui como campeões”, comemorou o piloto. “Passamos por paisagens e trilhas maravilhosas, além de vários trechos difíceis e sinuosos, e certamente nunca vamos esquecer essa nossa estreia na prova. Foi o primeiro de vários Sertões”, garantiu.

O navegador Rafael Shimuk destacou uma importante lição. “Os campeões só podem comemorar mesmo na rampa de chegada, tudo pode acontecer no Sertões. Nosso primeiro objetivo era completar a prova, mas a cada dia ganhamos posições e fomos adaptando as estratégias. Estou muito satisfeito com o nosso desempenho e com o Can-Am Maverick, que mais uma vez provou ser o mais resistente da categoria”, observou. A dupla contou com o suporte da Água Shop, concessionária dos produtos BRP em São Luís (MA), durante a prova.

GABRIEL VARELA - Foto: Idario Café | Mundo Press

Destaque dos quadriciclos, o jovem Gabriel Varela também completou o Rally dos Sertões pela primeira vez – e em grande estilo. “Foi muito emocionante cruzar a rampa de chegada, estou bastante feliz por ter chegado inteiro. O balanço geral foi ótimo, andei entre os cinco primeiros todos os dias e não tive nenhum problema durante o percurso, incluindo a parte de navegação e o equipamento. O Can-Am Renegade foi excepcional, não teve nem um parafuso solto, e chegou 1000% no final”, concluiu o paulista.

O Rally dos Sertões 2014 também incluiu motos, carros e caminhões. Para conferir todos os detalhes do roteiro da prova, clique aqui.

Resultados extra-oficiais РRally dos Sert̵es 2014
7ª Etapa – UTVs
1º – JOSE HELIO / EDMILSON CAMARGO JR. – 1:52:11
4º – VINICIUS MOTA / RAFAEL SHIMUK – 2:01:54 – Can-Am Maverick
13º – DENINHO CASARINI / EDUARDO SHIGA – 3:01:39 – Can-Am Maverick

7ª Etapa – Quadriciclos
1º – RAFAL SONIK – 1:49:25
2º – GABRIEL VARELA – 1:52:41 – Can-Am Renegade

Resultados acumulados – UTVs
1º – VINICIUS MOTA / RAFAEL SHIMUK – 22:27:12 – Can-Am Maverick
8º – DENINHO CASARINI / EDUARDO SHIGA – 39:20:59 – Can-Am Maverick

Resultados acumulados – Quadriciclos
1º – ROBERT NAHAS – 20:38:09
3º – GABRIEL VARELA – 21:34:53 – Can-Am Renegade

Parabéns a todos os competidores e equipes! Ano que vem tem mais!!! #VaiCanAm :)

Publicado em CAN-AM, Rally Cross Country Com a tag , , , , , , |

Rally dos Sertões – Duplas aceleram o Can-Am Maverick pelo título do UTVs

André Sawaya e Eduardo Costa estão na liderança, seguidos por Vinícius Mota e Rafael Shimuk; Etapa final será realizada neste sábado, com destino a Belo Horizonte (MG).
Fonte: Mundo Press

Foto: Gustavo Epifanio | Webventure

A disputa da categoria para UTVs reserva fortes emoções na sétima e última etapa do Rally dos Sertões, marcada para este sábado entre Diamantina e Belo Horizonte, em Minas Gerais, com 331 quilômetros (125 de especiais). As principais candidatas ao título são duas duplas a bordo do Can-Am Maverick. André Sawaya e Eduardo Costa, de São Paulo, lideram a classe com pouco mais de meia hora de vantagem sobre Vinícius Mota e Rafael Shimuk, do Maranhão, de acordo com os resultados extra-oficiais.

Foto: Victor Eleuterio | Webventure

A sexta etapa, realizada nesta sexta-feira, ainda foi disputada em formato Maratona, que não permite auxílio mecânico externo durante a prova. O percurso em laço teve base na cidade mineira de Diamantina com 204 km, sendo 178 de trechos cronometrados. André Sawaya e Eduardo Costa tiveram imprevistos e terminaram o dia em nono lugar, mas mantiveram a ponta da tabela. “Faltando 30 km para o final da especial, um tronco entortou a barra de direção e perdemos uns 10 minutos para fazer o reparo. De qualquer forma, conseguimos sobreviver até o final e continuamos com boas chances de título”, avaliou o piloto paulista, que é iniciante em competições a bordo de um UTV.

“Já corri de moto e de carro, inclusive no Sertões, mas esta é a segunda prova que faço de UTV. Competimos com o Can-Am Maverick praticamente original e o veículo é muito bom, aguentou todos os desafios. Temos pouco mais de meia hora de vantagem e amanhã vamos fazer uma tocada segura, já que estamos com tudo na mão para conquistar o título”, continuou Sawaya.

Vinícius Mota e Rafael Shimuk assumiram a vice-liderança após o terceiro lugar na etapa do dia e têm estratégia parecida para a final. “Estamos bem tranquilos para fazer uma etapa conservadora, para no mínimo garantir a segunda colocação”, comentou Mota, que é estreante no Sertões. “Estou muito feliz com o desempenho e com o veículo, que é praticamente original. Conseguimos acertar o ritmo nos últimos dias e poupar o equipamento nos momentos certos”, acrescentou o maranhense.

As duplas Deninho Casarini/Eduardo Shiga e Carlo Collet/Marcos Lara foram sexta e sétima colocadas nesta penúltima etapa, respectivamente, sendo que Rodrigo Varela/João Arena e Bruno Sperancini/Lourival Roldan não completaram.

Foto: Idário Café | Mundo Press

Entre os quadriciclos, Gabriel Varela subiu uma posição, do quarto para o terceiro lugar, no ranking da categoria. O piloto acelera o Can-Am Renegade e foi o terceiro mais rápido do dia (resultados extra-oficiais).

O Rally dos Sertões 2014 também inclui motos, carros e caminhões e soma pontos para o Campeonato Mundial e para o Brasileiro da modalidade. A prova é formada por mais de 2.500 quilômetros no total, sendo cerca de 1.400 km de trechos cronometrados (acesse o roteiro completo).

Resultados extra-oficiais РRally dos Sert̵es 2014
6ª Etapa – UTVs
1º – JOSE HELIO / EDMILSON CAMARGO JR. – 2:48:45
3º – VINICIUS MOTA / RAFAEL SHIMUK – 2:54:09 – Can-Am Maverick
6º – DENISIO FILHO / EDUARDO SHIGA – 3:01:11 – Can-Am Maverick
7º – CARLO COLLET / MARCOS LARA – 3:01:36 – Can-Am Maverick
9º – ANDRE SAWAYA / EDUARDO COSTA – 3:02:41 – Can-Am Maverick

6ª Etapa – Quadriciclos
1º – RAFAL SONIK – 2:43:04
3º – GABRIEL VARELA – 2:50:21 – Can-Am Renegade

Resultados acumulados – UTVs
1º – ANDRE SAWAYA / EDUARDO COSTA – 19:50:44 – Can-Am Maverick
2º – VINICIUS MOTA / RAFAEL SHIMUK – 20:23:17 – Can-Am Maverick
5º – RODRIGO VARELA / JOAO HENRIQUE ARENA – 21:17:07 – Can-Am Maverick
7º – CARLO COLLET / MARCOS LARA – 22:59:41 – Can-Am Maverick
9º – BRUNO SPERANCINI / LOURIVAL ROLDAN – 23:22:11 – Can-Am Maverick
13º – DENINHO CASARINI / EDUARDO SHIGA – 36:09:20 – Can-Am Maverick
19º – LUCAS BARROSO / LAURO SOBREIRA – 43:22:38 – Can-Am Maverick

Resultados acumulados – Quadriciclos
1º – ROBERT NAHAS – 18:43:53
3º – GABRIEL VARELA – 19:42:11 – Can-Am Renegade

Programa̤̣o РRally dos Sert̵es 2014
30/08 – 7ª etapa – Diamantina (MG) / Belo Horizonte (MG)
Deslocamento inicial: 59 km
Trecho especial: 125 km
Deslocamento final: 146 km
Total do dia: 331 km

Publicado em CAN-AM, Rally Cross Country Com a tag , , , , , |

Rally dos Sertões – Can-Am Maverick dita ritmo na etapa Maratona

Veículo mostra força na primeira parte do desafio que não permite auxílio mecânico, com destaque para os líderes André Sawaya e Eduardo Costa.
Fonte: Mundo Press

André Sawaya e Eduardo Costa - Foto: Idario Café | Mundo Press

O Can-Am Maverick ditou o ritmo dos UTVs na primeira parte da etapa Maratona do Rally dos Sertões, a quinta do roteiro, realizada nesta quinta-feira entre São Francisco e Diamantina, em Minas Gerais. Sem permitir auxílio da equipe de apoio, que só poderá ter contato com os competidores após a sexta etapa, o percurso foi formado por 644 quilômetros, sendo 335 de especiais, e foi um duro teste de resistência. André Sawaya e Eduardo Costa venceram o dia, de acordo com os resultados extra-oficias, e assumem a liderança da categoria dos UTVs.

Bruno Sperancini e Lourival Roldan cravaram o segundo melhor tempo. Também a bordo do Can-Am Maverick, Rodrigo Varela e João Henrique Arena superaram dificuldades e ficaram com o quinto posto, mantendo a vice-liderança da tabela. “Foi um dia extremamente difícil. Logo no começo o pneu furou e quando ainda faltavam 200 quilômetros para o fim da especial uma pedra bateu no freio e a pinça traseira soltou. Ficamos totalmente sem freio até o final da prova, foi uma grande vitória termos conseguido completar e ainda continuar na briga direta pelo título”, relatou o piloto Rodrigo Varela. “Eu e o João Arena fizemos a manutenção no UTV e o reparo no freio com facilidade, o veículo está zero para amanhã. O Sertões entra nos momentos mais do que decisivos e a estratégia será acelerar bastante, para tentar tirar o máximo da diferença para os líderes”, complementou.

Carlo Collet e Marcos Lara - Foto: Idario Café | Mundo Press

Carlo Collet e Marcos Lara fizeram o nono tempo da quinta etapa, sendo que Deninho Casarini/Eduardo Shiga e Lucas Barroso/Lauro Sobreira não completam o dia. Nesta sexta-feira, a sexta e penúltima etapa do Sertões terá disputa em laço, com início e fim na cidade de Diamantina. A segunda parte da Maratona terá 213 km, sendo 159 de especial.

Gabriel Varela - Foto: Idário Café | Mundo Press

Quadriciclos – Gabriel Varela cumpriu a quinta etapa sem imprevistos e seu Can-Am Renegade também chegou em ótimas condições ao parque fechado. Ele manteve posição no grupo dos mais rápidos, em quarto lugar no dia e na classificação dos quadriciclos, de acordo com os resultados extra-oficiais. “Hoje teve muita pedra e procurei poupar o equipamento e tomar cuidado com os pneus. Está tudo pronto para amanhã, sem problema algum no quadri, e pretendo andar forte”, concluiu.
A 22ª edição do Rally dos Sertões inclui ainda motos, carros e caminhões e termina no dia 30 de agosto, em Belo Horizonte (MG). A prova é formada por mais de 2.500 quilômetros (cerca de 1.400 km de especiais) e faz parte do Campeonato Mundial e do Brasileiro da modalidade. Para conferir os detalhes do trajeto, clique aqui.

Resultados extra-oficiais РRally dos Sert̵es 2014
5ª Etapa – UTVs
1º – ANDRE SAWAYA / EDUARDO COSTA – 05:20:36 – Can-Am Maverick
2º – BRUNO SPERANCINI / LOURIVAL ROLDAN - 05:21:19 – Can-Am Maverick
5º – RODRIGO VARELA / JOAO HENRIQUE ARENA – 05:43:48 – Can-Am Maverick
9º – CARLO COLLET / MARCOS LARA – 06:03:53 – Can-Am Maverick

5ª Etapa – Quadriciclos
1º – ROBERT NAHAS – 04:57:02
4º – GABRIEL VARELA – 05:28:55 – Can-Am Renegade

Resultados acumulados – UTVs
1º – ANDRE SAWAYA / EDUARDO COSTA – 16:48:02 – Can-Am Maverick
2º – RODRIGO VARELA / JOAO HENRIQUE ARENA – 16:57:07 – Can-Am Maverick
9º – BRUNO SPERANCINI / LOURIVAL ROLDAN – 19:01:11 – Can-Am Maverick
11º – CARLO COLLET / MARCOS LARA – 19:58:04 – Can-Am Maverick
13º – DENINHO CASARINI / EDUARDO SHIGA – 20:28:08 – Can-Am Maverick
15º – LUCAS BARROSO / LAURO SOBREIRA – 24:27:38 – Can-Am Maverick

Resultados acumulados – Quadriciclos
1º – ROBERT NAHAS – 15:59:26
4º – GABRIEL VARELA – 16:51:50 – Can-Am Renegade

Programa̤̣o РRally dos Sert̵es 2014
29/08 – 6ª etapa – Diamantina (MG) / Diamantina (MG)
Deslocamento inicial: 23 km
Trecho especial: 159 km
Deslocamento final: 30 km
Total do dia: 213 km

Publicado em CAN-AM, Rally Cross Country Com a tag , , , , , , |

Rally dos Sert̵es РEquipe Can-Am encara Etapa Maratona

Pilotos e navegadores aceleram no percurso mais longo do roteiro nesta quinta-feira, rumo Diamantina (MG) e sem auxílio mecânico externo.
Fonte: Mundo Press

Rodrigo Varela e João Arena - Foto: Idário Cafe

O desafio que promete ser um divisor de águas no Rally dos Sertões 2014 está marcado para esta quinta-feira entre São Francisco e Diamantina, em Minas Gerais. A equipe Can-Am encara o percurso da quinta etapa, o mais longo do roteiro, com 718 quilômetros (335 de trechos cronometrados). A disputa será em formato Maratona, ou seja, não permite auxílio mecânico externo até a rodada seguinte.

A quarta etapa foi realizada nesta quarta-feira de Paracatu (MG) até São Francisco com 585 km (364 de especiais). A disputa da categoria dos UTVs continua acirrada, tanto que três duplas já alcançaram a liderança nesses dias de prova. Rodrigo Varela/João Arena é uma delas e tem sido a mais constante, agora na vice-liderança. Eles conquistaram o segundo lugar do dia e estão a um minuto dos líderes Zé Hélio e Edmilson Camargo Júnior, de acordo com os resultados extra-oficiais.

“A etapa de hoje foi a maior e mais difícil de completar até o momento. Enfrentamos areia, o que exigiu muito do equipamento, por isso preferimos ser cautelosos e poupar ao máximo. A estratégia foi boa e estamos próximos dos líderes. Amanhã será um dia decisivo, que pode dar uma reviravolta nos resultados”, explicou o piloto Rodrigo Varela. “Eu tenho muita confiança no Can-Am Maverick, até agora só precisamos trocar correia e pastilha de freio, e isso é muito importante para encarar uma Maratona. A categoria mostra que a briga está muito acirrada e só vamos conhecer os campeões na linha de chegada”, completou.

A outra dupla que ocupou a liderança dos UTVs foi Deninho Casarini/ Eduardo Shiga, mas hoje teve problemas e parou no km 139 da especial – um quilômetro na frente de Lucas Barroso/Lauro Sobreira. Os competidores acionaram as respectivas equipes de apoio para seguir na prova, mas não completaram o dia. Bruno Sperancini e Lourival Roldan fizeram o terceiro melhor tempo da etapa e André Sawaya e Eduardo Costa, o quinto.

Gabriel Varela - Foto: Idario Café
Entre os quadriciclos, Gabriel Varela seguiu com forte ritmo e terminou em quarto lugar, mantendo a quarta colocação da tabela a bordo do Can-Am Renegade. Ernesto Jun, que abandou a prova após acidente na primeira etapa, não corre mais na temporada, já que serão necessárias cirurgias no ombro e no joelho e no mínimo quatro meses de recuperação.

A 22ª edição do Rally dos Sertões inclui ainda motos, carros e caminhões e termina no dia 30 de agosto, em Belo Horizonte (MG). A prova é formada por mais de 2.500 quilômetros (cerca de 1.400 km de especiais) e faz parte do Campeonato Mundial e do Brasileiro da modalidade. Para conferir os detalhes do trajeto, clique aqui.

Resultados extra-oficiais РRally dos Sert̵es 2014
4ª Etapa – UTVs
1º – JOSE HELIO / EDMILSON CAMARGO JR. – 05:03:43
2º – RODRIGO VARELA / JOAO HENRIQUE ARENA – 05:06:40 – Can-Am Maverick
3º – BRUNO SPERANCINI / LOURIVAL ROLDAN - 15:09:10.7 – Can-Am Maverick
5º – ANDRE SAWAYA / EDUARDO COSTA – 05:18:47 – Can-Am Maverick
13º – CARLO COLLET / MARCOS LARA – 16:33:23.1 – Can-Am Maverick

4ª Etapa – Quadriciclos
1º – MARCELO MEDEIROS – 04:59:45
4º – GABRIEL VARELA – 05:20:55 – Can-Am Renegade

Resultados acumulados – UTVs
1º – JOSE HELIO / EDMILSON CAMARGO JR. – 11:12:18
2º – RODRIGO VARELA / JOAO HENRIQUE ARENA – 11:13:19 – Can-Am Maverick
3º – ANDRE SAWAYA / EDUARDO COSTA – 11:27:26 – Can-Am Maverick
10º – DENINHO CASARINI / EDUARDO SHIGA – 12:38:08 – Can-Am Maverick
11º – LUCAS BARROSO / LAURO SOBREIRA – 12:47:38 – Can-Am Maverick
13º – CARLO COLLET / MARCOS LARA – 12:54:11 – Can-Am Maverick
16º – BRUNO SPERANCINI / LOURIVAL ROLDAN – 13:39:52 – Can-Am Maverick

Resultados acumulados – Quadriciclos
1º – MARCELO MEDEIROS – 10:56:32
4º – GABRIEL VARELA – 11:22:54 – Can-Am Renegade

Programa̤̣o РRally dos Sert̵es 2014
28/08 – 5ª etapa – São Francisco (MG) / Diamantina (MG) – ETAPA MARATONA
Deslocamento inicial: 223 km
Trecho especial: 335 km
Deslocamento final: 81 km
Total do dia: 718 km

Publicado em CAN-AM, Rally Cross Country Com a tag , , , , , |

Projeto Ideia Fixa no Rally dos Sertões

Como se explicar algo que não se explica?

Foto: Divulgação | Projeto Ideia Fixa

Dizem que o inexplicável já esta explicado, enfim… que papo é este para se falar sobre mais uma ação do Projeto Ideia Fixa durante o Rally dos Sertões?

Não seria a mesma coisa realizada em outras cidades? Em outras escolas? Com outras crianças? Não, não é!

Cada ação realizada é única. Cada criança que tem esta oportunidade, tem algo diferenciado e por si só,  tem uma reação diferente, inusitada, já que a maioria delas nem imagina o que irá acontecer, quando a visita do Projeto é anunciada.

O dia 26 de agosto ficará marcado na memória dos alunos da Escola Municipal Professora Ada  Santana Ribeiro, localizada na Zona Rural da cidade de Paracatu – MG.  Além dos presentes distribuídos entre os kits Sorria para o Rally, com creme dental, escova de dentes e folha de atividades eles receberam kits contendo livros de histórias infantis do Ideia Fixa pela Educação & Cultura, jogos de avental, apitos e bolas, para a montagem de times do Dando Bola pro Sertão, doados pelo piloto Ernesto Jun Watashi que enviou também deliciosos chocolates para a alegria da molecada e ainda quebra cabeças e produtos de beleza e higiene pessoal da ação Ideia Bela.

Foi uma festança. Eles aprenderam um pouco sobre Rally e desenvolveram atividades guiadas pelas professoras e orientadas pela Gata Táta, a mascote do Projeto Ideia Fixa.

“Não é só chegar e entregar doações. Nosso trabalho é muito mais que isto. Foram meses angariando doações, planejando, esquematizando, para finalmente chegarmos a uma determinada escola e interagir com as crianças ali presentes. Muitas delas com carências e problemas monstruosos, que por algumas horas são esquecidos, adormecendo e dando espaço para a alegria, para o novo, para o lúdico, para o engraçado. Fazemos mais do que “boas ações” durante o Rally. Por um curto espaço de tempo somos a fantasia, o amor em forma de um personagem, a alegria  sonhada e a realização de um sonho.  Motivo maior da continuidade desta Ideia Fixa! Completou a Poços Caldense Tânia Mara, idealizadora do projeto que esta completando 12 anos de atividades.

Neste dia 27 as 14h,  a cidade de São Francisco – MG, mais precisamente a escola Municipal José Vieira Raposo, localizada a mais ou menos 30 KM do centro da cidade, na zona rural, estará recepcionando os integrantes do projeto para mais uma tarde de muita emoção.

E finalmente no dia 29 de agosto quem recebe o Ideia Fixa é a cidade de Diamantina onde se encerram os trabalhos destinados a esta etapa. O local escolhido para fechar com chave de ouro os 12 anos de atividades do ideia fixa no Rally dos Sertões, foi a pracinha do Bairro Guinda, onde alunos da Escola Municipal da Sopa TV Guinda receberão as doações com a presença de autoridades locais as 9 horas.

Até o momento o Ideia Fixa já beneficiou em torno de 124 mil pessoas em 13 Estados, entregando 191 toneladas de doações bem como distribuindo cerca de 140 mil livros para alunos de diversas escolas de cidades que fizeram parte dos roteiros por onde o Projeto já passou. No total, já foram percorridos mais de 350 mil quilômetros de estradas por este Brasil afora. E que venham mais 350 mil!

O Ideia Fixa conta com o patrocínio da CAN AM – BRP e o apoio da TV POÇOS, W3B SOLUÇÕES INTELIGENTES, FUNDAÇÃO EDUCAR DPASCHOAL, PERFUMARIA EMY, SSP PLÁSTICOS, SOUSS RACING, ATELIÊ UNIFORME, RNN SPORTS, CRYF EMPREENDIMENTOS e SIG COMUNICAÇÃO

Fonte: Projeto Ideia Fixa

Publicado em BRP CAN-AM ADVENTURE TOURS, CAN-AM, Rally Cross Country Com a tag , , , , , |

Rally dos Sertões – Can-Am Maverick é destaque entre os UTVs da 3ª etapa

Veículo é utilizado pelas duplas mais rápidas do dia; Equipe Can-Am segue na liderança.
Fonte: Mundo Press

Foto: Deninho e Shiguinha | Foto: Idario Café

O Can-Am Maverick foi o grande destaque da categoria para UTVs na terceira etapa do Rally dos Sertões, realizada nesta terça-feira entre Catalão (GO) e Paracatu (MG), com 356 quilômetros de percurso (206 de trechos cronometrados). As quatro duplas mais rápidas do dia competem a bordo do veículo, de acordo com os resultados extra-oficiais. André Sawaya e Eduardo Costa venceram a especial, seguidos por Deninho Casarini e Eduardo Shiga, que mantêm a liderança nos resultados acumulados, Rodrigo Varela e João Arena e Lucas Barroso e Lauro Sobreira.

A disputa dos UTVs está extremamente acirrada. A classificação da categoria aponta Deninho Casarini e Eduardo Shiga com o tempo acumulado de 6h06min08, na frente de Rodrigo Varela/João Arena (6h06min39) e André Sawaya/Eduardo Costa (6h08min26). “A classe reúne competidores muito técnicos e experientes, então é preciso andar no limite o tempo todo, mas sempre procurando preservar o equipamento. Hoje encontramos piso de pedra, subidas e descidas de serra e trechos de alta velocidade, foi um dia muito prazeroso na pilotagem”, relatou Casarini, que é tricampeão mundial de motos aquáticas e compete no Sertões pela primeira vez. O navegador Shiga complementou. “O percurso exigiu muito da navegação, houve trechos que tínhamos quatro referências em menos de 500 metros. Foi preciso atenção máxima e entramos no eixo, a dupla está entrosada”, avaliou.

Assim como Casarini, outro piloto estreante da equipe Can-Am está em posição de destaque no Rally dos Sertões. Em três dias de prova, o cearense Lucas Barroso ganhou seis posições na classificação e assume o sexto lugar dos UTVs. “Apesar de ser a primeira vez no Sertões, estou à vontade e bastante confiante. A especial de hoje foi muito bonita, com canaviais e eucaliptos, e encontrei terrenos totalmente diferentes do Ceará. Houve piso duro e com pedra, além de trechos mais lisos. Espero continuar crescendo etapa a etapa, mas também será preciso poupar equipamento já de olho na Etapa Maratona, na quinta-feira”, lembrou o competidor, que conta com o navegador Lauro Sobreira.

Gabriel Varela - Foto: Idário Café | Mundo Press

Gabriel Varela avança entre os quadris – O dia também foi muito positivo para a equipe Can-Am na disputa dos quadriciclos. Gabriel Varela confirmou o segundo lugar na etapa a bordo do Can-Am Renegade, a menos de dois minutos de Marcelo Medeiros, também de acordo com os resultados extra-oficiais. Com o resultado, ele pula da quinta para a quarta colocação na tabela e mantém a liderança na classe QDA. “Foi o meu melhor desempenho no Sertões e espero continuar crescendo, em busca da vitória. Estou bastante motivado para os próximos dias”, comentou Varela. “A etapa começou travada, com bastante navegação e pedra, e depois ficou mais aberta, com trechos de alta velocidade. Não tive problema nenhum na navegação e o quadriciclo está perfeito”, concluiu.

Nesta quarta-feira, a quarta etapa será ainda mais longa, com 585 quilômetros de percurso (364 de especiais) até São Francisco, em Minas Gerais. O Rally dos Sertões 2014 inclui ainda motos, carros e caminhões e termina no dia 30 de agosto, em Belo Horizonte (MG). A prova é formada por mais de 2.500 quilômetros no total, sendo cerca de 1.400 km de trechos cronometrados (acesse o roteiro completo), e faz parte do Campeonato Mundial e do Brasileiro da modalidade.

Resultados extra-oficiais РRally dos Sert̵es 2014
3ª Etapa – UTVs
1º – ANDRE SAWAYA / EDUARDO COSTA – 02:51:02 – Can-Am Maverick
2º – DENINHO CASARINI / EDUARDO SHIGA – 02:51:43 – Can-Am Maverick
3º – RODRIGO VARELA / JOAO HENRIQUE ARENA – 02:52:04 – Can-Am Maverick
4º – LUCAS BARROSO / LAURO SOBREIRA – 02:52:14 – Can-Am Maverick
7º – BRUNO SPERANCINI / LOURIVAL ROLDAN – 02:54:40 – Can-Am Maverick
9º – CARLO COLLET / MARCOS LARA – 02:55:51 – Can-Am Maverick

3ª Etapa – Quadriciclos
1º – MARCELO MEDEIROS – 02:46:58
2º – GABRIEL VARELA – 02:48:51 – Can-Am Renegade

Resultados acumulados – UTVs
1º – DENINHO CASARINI / EDUARDO SHIGA – 6:06:08 – Can-Am Maverick
2º – RODRIGO VARELA / JOAO HENRIQUE ARENA – 6:06:39 – Can-Am Maverick
3º – ANDRE SAWAYA / EDUARDO COSTA – 6:08:26 – Can-Am Maverick
6º – LUCAS BARROSO / LAURO SOBREIRA – 6:17:38 – Can-Am Maverick
8º – CARLO COLLET / MARCOS LARA – 6:24:11 – Can-Am Maverick
17º – BRUNO SPERANCINI / LOURIVAL ROLDAN – 8:27:41 – Can-Am Maverick

Resultados acumulados – Quadriciclos
1º – MARCELO MEDEIROS – 5:56:47
4º – GABRIEL VARELA – 6:01:59 – Can-Am Renegade

Programa̤̣o РRally dos Sert̵es 2014
27/08 – 4ª etapa – Paracatu (MG) / São Francisco (MG)
Deslocamento inicial: 135 km
Trecho especial: 364 km
Deslocamento final: 86 km
Total do dia: 585 km

Publicado em CAN-AM, Rally Cross Country Com a tag , , , , |

Disputa dos UTVs pega fogo no Rally dos Sertões, com Can-Am na liderança!

Deninho Casarini e Eduardo Shiga assumem a ponta após segunda etapa, com vantagem de apenas 32 segundos sobre Rodrigo Varela e João Arena.

Foto: Idario Café | Mundo Press

A disputa dos UTVs está acirrada no Rally dos Sertões 2014, que realizou a segunda etapa nesta segunda-feira entre Caldas Novas e Catalão, em Goiás. Deninho Casarini e o navegador Eduardo Shiga fizeram o segundo melhor tempo do dia a bordo do Can-Am Maverick e assumiram a liderança da classe, de acordo com os resultados extra-oficiais. Porém, a vantagem sobre Rodrigo Varela e João Arena é de apenas 32 segundos, ou seja, a briga promete fortes emoções nos próximos dias entre os competidores da equipe Can-Am.

O trecho cronometrado da segunda etapa, inicialmente de 201 quilômetros, foi alterado para 79 km por questões de segurança, segundo a organização da prova. Deninho Casarini acelerou forte e saiu satisfeito. “Largamos em quinto e enfrentamos muita poeira, principalmente no início. Procurei acelerar no limite e desenvolver ritmo de rali baja. O nível da competição está muito alto e qualquer segundo faz diferença”, explicou. A especial foi um bom teste para os amortecedores. “Passamos por fazendas e muita descida de serra, com diversas lombas e saltos no caminho”, complementou o piloto, que é estreante no Sertões e tricampeão mundial de motos aquáticas.

Foto: Idario Café | Mundo Press

Após vencer a etapa de abertura, Rodrigo Varela e João Arena ocuparam o nono lugar do dia, mas continuam fortes na briga pelo título. “Estamos bem na classificação geral e ainda há muito rali pela frente. Vamos largar mais para trás, o que é ruim por conta da poeira dos concorrentes, mas pretendemos acelerar com a cabeça tranquila, ainda mais porque a especial de amanhã é longa”, lembrou Varela.

Quadriciclos – Gabriel Varela, irmão de Rodrigo, segue firme da disputa dos quadriciclos com o Can-Am Renegade. Ele foi o terceiro mais rápido do dia e manteve a liderança da classe QDA. “A especial foi curta e teve trechos rápidos e travados, além de chão duro. O quadriciclo se comportou de maneira excepcional e ajudou muito para que eu terminasse o dia inteiro. Estou muito contente com os resultados, já que tenho lugar no grupo da frente”, concluiu.

Nesta terça-feira, o Rally dos Sertões entra no Estado de Minas Gerais com 356 quilômetros de percurso, sendo 206 de especial, com destino a cidade de Paracatu. A 22ª edição da prova inclui ainda motos, carros e caminhões e termina no dia 30 de agosto, em Belo Horizonte (MG). O roteiro é formado por mais de 2.500 quilômetros (cerca de 1.400 km de especiais). Para conferir os detalhes do trajeto, clique aqui.

Resultados extra-oficiais РRally dos Sert̵es 2014
2ª Etapa – UTVs
1º – JOSE HELIO/EDMILSON CAMARGO JR. – 00:53:26
2º – DENINHO CASARINI/EDUARDO SHIGA – 00:54:37 – Can-Am Maverick
5º – BRUNO SPERANCINI/LOURIVAL ROLDAN - 00:55:37 – Can-Am Maverick
8º – LUCAS BARROSO/LAURO SOBREIRA – 00:58:09 – Can-Am Maverick
9º – RODRIGO VARELA/JOAO HENRIQUE ARENA – 01:00:37 – Can-Am Maverick
15º – CARLO COLLET/MARCOS LARA – 01:04:24 – Can-Am Maverick

2ª Etapa – Quadriciclos
1º – ROBERT NAHAS – 00:51:33
3º – GABRIEL VARELA – 00:53:58 – Can-Am Renegade

Resultados acumulados – UTVs
1º – DENINHO CASARINI/EDUARDO SHIGA – 03:14:25 – Can-Am Maverick
2º – RODRIGO VARELA/JOAO HENRIQUE ARENA – 03:14:35 – Can-Am Maverick
8º – LUCAS BARROSO/LAURO SOBREIRA – 03:25:23 – Can-Am Maverick
10º – CARLO COLLET/MARCOS LARA – 03:28:20 – Can-Am Maverick
17º – BRUNO SPERANCINI/LOURIVAL ROLDAN – 09:03:01 – Can-Am Maverick

Resultados acumulados – Quadriciclos
1º – ROBERT NAHAS – 03:04:45
5º – GABRIEL VARELA – 03:13:08 – Can-Am Renegade

Programa̤̣o РRally dos Sert̵es 2014
26/08 – 3ª etapa – Catalão (GO) / Paracatu (MG)
Deslocamento inicial: 22 km
Trecho especial: 206 km
Deslocamento final: 132 km
Total do dia: 356 km
Publicado em CAN-AM, Rally Cross Country Com a tag , , , , |

Rodrigo Varela e João Arena saem na frente e lideram os UTVs no Rally dos Sertões

Equipe Can-Am também é destaque na primeira etapa entre os quadriciclos, com Gabriel Varela líder da categoria QDA e em quarto, na classificação geral.
Fonte: Mundo Press

Rodrigo Varela e João Arena - Foto: Idario Café | Mundo Press

A equipe Can-Am começou o Rally dos Sertões da melhor forma possível: na liderança. Rodrigo Varela e o navegador João Arena venceram a primeira etapa, realizada neste domingo entre Goiânia e Caldas Novas, em Goiás, e saíram na frente na briga pelo título dos UTVs a bordo do Can-Am Maverick. Entre os quadriciclos, com o Can-Am Renegade, Gabriel Varela foi o quarto colocado na classificação geral e lidera a categoria QDA. Os resultados são extra-oficiais.

A etapa de abertura teve 216 quilômetros de percurso, sendo 155 de especiais (trechos cronometrados). “Foi uma prova bem complicada e desgastante, com grande quantidade de lombas que jogavam o UTV para cima – o que foi motivo de muitos sustos. É sempre bom começar na frente e amanhã ainda largamos em primeiro na categoria, o que evita um pouco a poeira, sem dúvidas uma das principais vantagens”, comentou o piloto Rodrigo Varela.

João Arena complementou: “Nos 30 primeiros quilômetros estávamos um pouco fora do compasso, mas logo a prova desenrolou da melhor maneira. Não cometemos erros e tomamos cuidado nas zonas de radar, o que resultou em um bom ritmo. Temos ótimo entrosamento e até desenvolvemos um código próprio, para agilizar as instruções da navegação e melhorar a concentração.”

Irmão de Rodrigo, Gabriel Varela também aprovou o desempenho. “Foi um dia muito bom, consegui ótimo ritmo na especial e comecei a disputa no pelotão da frente. O caminho estava cheio de lombas e mata-burros, e o Sertões já começou muito desgastante. Espero amanhã fazer uma prova limpa, sem erros, e bastante rápida”, concluiu. Nesta segunda-feira, a segunda etapa do Rally dos Sertões tem destino a Catalão, ainda no Estado de Goiás, com 260 km de percurso (201 km de especial).

O Rally dos Sertões 2014 inclui ainda motos, carros e caminhões e termina no dia 30 de agosto, em Belo Horizonte (MG). A prova é formada por 2.679 quilômetros no total, sendo 1.545 de trechos cronometrados (acesse o roteiro completo).

Resultados extra-oficiais РRally dos Sert̵es 2014
1ª Etapa – UTVs
1º – RODRIGO VARELA / JOÃO HENRIQUE ARENA – 02:07:02 – Can-Am Maverick
5º – DENINHO CASARINI / EDUARDO SHIGA – 02:12:12 – Can-Am Maverick
8º – CARLO COLLET / MARCOS LARA – 02:15:56 – Can-Am Maverick
12º – LUCAS BARROSO / LAURO SOBREIRA – 02:19:48 – Can-Am Maverick
17º – BRUNO SPERANCINI / LOURIVAL ROLDAN – 04:00:00 – Can-Am Maverick

1ª Etapa – Quadriciclos
1º – RAFAL SONIK – 02:05:00
5º – GABRIEL VARELA – 02:11:33 – Can-Am Renegade
12º – ERNESTO WATASHI – 02:58:17 – Can-Am Renegade

Resultados acumulados – UTVs
1º – RODRIGO VARELA / JOAO HENRIQUE ARENA – 02:13:57 – Can-Am Maverick
5º – DENINHO CASARINI / EDUARDO SHIGA – 02:19:47 – Can-Am Maverick
8º – CARLO COLLET / MARCOS LARA – 02:23:56 – Can-Am Maverick
12º – LUCAS BARROSO / LAURO SOBREIRA – 02:27:14 – Can-Am Maverick
18º – BRUNO SPERANCINI / LOURIVAL ROLDAN – 04:07:24 – Can-Am Maverick

Resultados acumulados – Quadriciclos
1º – RAFAL SONIK – 02:12:29.9
5º – GABRIEL VARELA – 02:16:09.5 – Can-Am Renegade
13º – ERNESTO WATASHI – 03:12:24.0 – Can-Am Renegade

Programa̤̣o РRally dos Sert̵es 2014
25/08 – 2ª etapa – Caldas Novas (GO) / Catalão (GO)

Deslocamento inicial: 39 km
Trecho especial: 201 km
Deslocamento final: 20 km
Total do dia: 260 km

Publicado em CAN-AM, Rally Cross Country Com a tag , , , |

UTVs e quadriciclos são atrações à parte no Rally dos Sertões

Disputa pelos títulos promete alto nível técnico, com forte presença da equipe Can-Am; Carlo Collet e Marcos Lara defendem a taça dos UTVs.
Fonte: Mundo Press

Às vésperas da largada do Rally dos Sertões, as disputas entre os UTVs e os quadriciclos envolvem competidores de alto nível técnico e grandes expectativas. A equipe Can-Am é forte candidata nas duas categorias, que prometem ser atrações à parte no maior desafio off-road do país, e ainda defende o título dos UTVs com Carlo Collet e o navegador Marcos Lara a bordo do Maverick. A corrida tem início no prólogo deste sábado, em Goiânia (GO), e termina no dia 30 de agosto em Belo Horizonte (MG).

A prova inclui 2.679 quilômetros em sete dias, sendo 1.545 de trechos cronometrados (especiais). Além dos atuais campeões dos UTVs, a equipe Can-Am acelera com Bruno Sperancini e Lourival Roldan (dupla vencedora do Sertões 2012), Rodrigo Varela e João Arena, Deninho Casarini e Eduardo Shiga e Lucas Barroso e Lauro Sobreira. Todos encaram grande variedade de terrenos e desafios com o Can-Am Maverick. Já na categoria dos quadriciclos, os destaques são Gabriel Varela e Ernesto Jun, que pilotam o Can-Am Renegade.

Outros competidores utilizarão os produtos Can-Am na prova, como a equipe Água Shop Racing, do Maranhão, que terá dois veículos Maverick na briga dos UTVs, comandados por Pablo Feres/Vinícius Mota e Rodrigo Feres/Rafael Shimuk. Os participantes do Rally dos Sertões contam ainda com o caminhão oficial da Can-Am durante a prova, com suporte de peças para situações de emergência.

Vale destacar o investimento da marca canadense em ações sociais paralelas à prova, por meio do Projeto Ideia Fixa. As doações deste ano incluem 500 pastas com materiais, 300 peças de roupas infantis, 800 unidades de produtos de higiene pessoal e beleza e dois mil livros novos e brinquedos, entre outros itens. Para acessar o roteiro completo do Sertões 2014, clique aqui.

Confira as expectativas dos pilotos Can-Am para o Rally dos Sertões 2014:

Categoria UTVs – Can-Am Maverick

Carlo Collet e Marcos Lara - Foto: Idario Café/Mundo Press

Carlo Collet (São Paulo) – “Estou em contagem regressiva para a largada, com os equipamentos prontos e testados. O percurso deste ano está mais curto e as estratégias mudam completamente, espero uma prova dura e extremamente disputada”.

Bruno Sperancini e Lourival Roldan - Foto: Idario Cafe / Mundo Press

Bruno Sperancini (Minas Gerais) – “Estou tranquilo com relação à qualidade do trabalho da equipe e muito confortável com a confiabilidade do Can-Am Maverick. Vamos correr para brigar pelo título, temos de ser rápidos e consistentes, mas sem cometer erros. Conheço muito bem o trecho da Chapada Diamantina, em Minas Gerais, onde é preciso ter atenção redobrada com pedras cortantes e abismos. Todos os competidores são experientes e a disputa será muito dura”.

Rodrigo Varela e João Arena - Foto: Idario Cafe / Mundo Press

Rodrigo Varela (São Paulo) – “Ficamos próximos de vencer o Sertões no ano passado, quando estreamos em segundo lugar na categoria. Temos muito chão pela frente e o ritmo deste ano vai mudar, ainda mais pelos trechos travados em Minas Gerais. A prova será novidade para todos, um verdadeiro teste de resistência, e o Maverick foi feito para isso”.

Deninho Casarini e Eduardo Shiga - Foto: Idario Café / Mundo Press

Deninho Casarini (São Paulo) – “Sou novato no Rally dos Sertões e a ansiedade está a mil, todo mundo que está envolvido com a modalidade sonha em encarar esta prova. Fizemos uma ótima preparação no carro, que tem muita resistência, e a corrida é longa. Precisarei conter o ímpeto de acelerar o tempo todo, o meu estilo de pilotagem é agressivo e será fundamental ser conservador em alguns momentos para seguir adiante”.

Lucas Barroso e Lauro Sobreira - Foto: Idario Café / Mundo Press

Lucas Barroso (Ceará) – “A expectativa é grande para a largada, correr o Rally dos Sertões será a realização de um sonho. O objetivo principal é completar o maior rali do Brasil. Estou bastante adaptado ao Can-Am Maverick, o que traz mais tranquilidade para o desafio”.

Categoria Quadriciclos – Can-Am Renegade

Gabriel Varela - Foto: Idario Café / Mundo Press

Gabriel Varela (São Paulo) – “Estou contando os dias para acelerar, treinei bastante navegação e com o quadriciclo. O Renegade irá me ajudar muito no desafio, já que a função 4×4 garante mais conforto para enfrentar as pedras e obstáculos do caminho”.

Ernesto Jun - Foto: Idario Café / Mundo Press

Ernesto Jun (São Paulo) – “Consegui bons resultados na temporada e quero fazer uma prova tranquila, mas acelerando forte no grupo dos ponteiros. A categoria está disputada e haverá novidades, principalmente na passagem por Minas Gerais, com bastante serra e pedras”.

E nós ficamos na torcida……. #VAICANAM!!! :)

Publicado em CAN-AM, Rally Cross Country Com a tag , , , , , , , |

Família Varela pronta para buscar vitórias no Rally dos Sertões

Gabriel Varela (Quadriciclo), Rodrigo Varela (UTV) e Reinaldo Varela (Carros) estarão brigando na ponta.
Fonte: Divino Fogão Rally Team

Foto: Divulgação BRP - Mundo Press

Já está tudo pronto. Agora é só aguardar a sexta-feira (22/8), quando será realizada a vistoria técnica para o início do Rally dos Sertões – 23 a 30 de agosto -, que larga em Goiânia (GO) e, depois de 2,7 mil quilômetros de prova em sete dias chega a Belo Horizonte (MG).

Os equipamentos (Carro, UTV e Quadriciclo) do Divino Rally Team já foram montados, testados e desenvolvidos para Reinaldo Varela e seus filhos, Rodrigo e Gabriel, brigarem pela vitória em suas respectivas categorias.

“Vamos com tudo e a equipe Divino Fogão está com força total. Todo o time tem experiência nesta prova, estamos com equipamentos de ponta, e motivados e preparados para lutar pela vitória”, sentencia Gabriel (Can-Am/Circuit/Divino Fogão), o mais jovem (19 anos) competidor da família Varela e, provavelmente, da sua categoria.

Líder do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country e do Campeonato Brasileiro de Rally Baja, ambos na categoria Quadriciclo, Gabriel Varela venceu no ano passado o Sertões Experience, que foram os quatro primeiros dias de uma das principais provas de rally do mundo. Esta experiência somada aos seus excelentes resultados na atual temporada e o bom suporte técnico da fabricante canadense Can-Am tem contribuído para a confiança do jovem.

“Fiz muitos treinos com o Renegade 1000XXC e estou bem adaptado a ele. Testei durante 800 km no deserto do Jalapão, em Tocantins, e deu para aprimorar bastante a tocada e a navegação com este equipamento. O esquadrão da Can-Am estará forte para o Sertões”, avisa.

“Acho que vai ser um Sertões com poucos trechos de alta velocidade, com bastante serra, rios, e muitas pedras. Acredito que vou ter que usar muito a cabeça, pois os trechos travados serão bem perigosos e vai ter muita navegação, o que será primordial”, acredita o piloto de quadriciclo.

Esperança no UTV

Primogênito (23 anos) do multicampeão Reinaldo Varela, Rodrigo (Divino Fogão/Can-Am/Bike Box) vai participar do Rally dos Sertões pela quarta vez, onde sempre alcançou bons resultados. “Já participei do Sertões e nas vezes anteriores sempre obtive boas colocações. Corri duas vezes de Quadriciclos no Sertões Experience: venci num ano e no outro, fui segundo. Em 2013 liderei no UTV, mas tive problema no penúltimo dia e cheguei em segundo”, relembrou o piloto de UTV, que vai correr com o navegador João Henrique Arena.

“Estou ligado ao Rally dos Sertões desde criança, como competidor há três anos. Com o Rodrigo, ano passado tive meus melhores momentos: pude liderar a competição e a vitória escapou pelos dedos. O fato de nós termos crescido no esporte, por referência de nossos pais, ajuda na questão da experiência e tomada de decisões. Como navegador estou 100% preparado e acredito no Rodrigo”, contou o navegador do UTV, uma evolução do quadriciclo que, em português, significa Veículo Multitarefa.

A expectativa da dupla para um bom resultado na categoria com um dos maiores números de concorrentes no Rally dos Sertões é muito grande. “Como sempre, ótimas expectativas estão no ar. Esse ano a prova está muito diferente em todos os aspectos, tanto no grid (que triplicou nos UTVs) quanto nos dias de prova, que diminuiu 30% em relação aos anos anteriores. O que isso significa? Que teremos que arriscar mais. Nas últimas edições, os UTVs estavam sendo testados, e o simples fato de você terminar o Rally já lhe garantia ótima colocação. Disputamos o RN esse ano, prova parecida com o Sertões, chegamos a vencer a 1ª etapa e vimos o quanto precisamos acelerar para ganhar. Será uma prova muito mais dura esse ano, mesmo tendo diminuído seus dias”, comentou Arena.

“Esse ano, pra ganhar o competidor precisará andar entre os top 5 todos os dias, na minha visão. O UTV está muito mais desenvolvido, não irá quebrar tanto como no passado, e apenas terminar os dias não vai assegurar ótimas colocações. Vamos ter que andar com vontade de vitória dia-a-dia. Isso pode ser traiçoeiro, mas é assim que eu e o Rodrigo estamos preparados”, completou.

“A expectativa é boa, nosso Can-Am Maverick está pronto e já treinamos para avaliar a suspensão e encontrar o ritmo com os equipamentos adicionais para a prova. Um ritmo bom é batalhar para andar o tempo todo entre os três primeiros, para terminar no pódio novamente. Vamos ver o que comemoramos lá em Belo Horizonte!”, finalizou Rodrigo Varela, terceiro colocado no Campeonato Brasileiro de Rally Baja.

Publicado em CAN-AM, Rally Cross Country Com a tag , , , , , , |