Maranhão recebe quadriciclos e UTVs para passeio neste sábado

Can-Am Adventure Tours acelera com segurança e respeito ao meio ambiente na cidade de Morros, no norte do Estado.
Fonte: Mundo Press

Crédito: Ricardo Legnari

A cidade de Morros, a 100 quilômetros da capital São Luís, coloca o Maranhão no roteiro do Can-Am Adventure Tours neste sábado. O passeio direcionado a proprietários de quadriciclos e UTVs de todas as marcas aproveita as belezas naturais da região com segurança e consciência ambiental, contando com a estrutura de ponta dos eventos Can-Am.

Localizada no Norte do Estado, Morros faz parte da chamada “Rota das Emoções”, que além dos municípios dos arredores do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses inclui o Delta do Parnaíba, entre o Maranhão e o Piauí, e Jericoacoara, no Ceará. “A expectativa é grande para o passeio em Morros, que é um local muito bonito”, disse Rodrigo Feres, da Água Shop, concessionária dos produtos BRP no Maranhão e parceira local do Can-Am Adventure Tours.

O evento promove o uso de quadriciclos e UTVs com respeito ao meio ambiente e à segurança. Além de exigir o uso de itens de proteção, o Can-Am Adventure Tours oferece socorrista, monitores treinados, controle de velocidade na trilha e veículos de apoio, garantindo os itens necessários para acelerar de forma consciente.

“A trilha em Morros terá solo arenoso, bastante verde e vegetação nativa, com duração de até quatro horas. O local possui rios e cachoeiras e aguardamos participantes de várias cidades, como São Luís, Barreirinhas, Rosário e Viana, na baixada maranhense”, continuou. A base do evento será o Hotel Pousada Quebra Anzol, sendo que a partida dos veículos off-road está prevista para as 9h30.

“Vamos arrecadar dois quilos de alimentos não perecíveis por participante, para entregar nas comunidades carentes da região de Morros”, concluiu Feres. As inscrições para o Can-Am Adventure Tours estão a cargo da equipe da Água Shop no telefone (98) 3248-2151. O evento é organizado pela ATV Adventure.

Publicado em BRP CAN-AM ADVENTURE TOURS, CAN-AM Com a tag , , , , |

Expedição de quadris e UTVs percorre cenários paradisíacos no Nordeste

Grupo formado por 26 veículos Can-Am vive experiência única por caminhos do Ceará e Rio Grande do Norte.
Fonte: Mundo Press

Crédito: Divulgação/GP Mini

Dunas, praias, rios e muita adrenalina. Os cenários paradisíacos do Nordeste inspiraram uma expedição a bordo de 20 quadriciclos e de seis UTVs, todos Can-Am. O grupo de Minas Gerais viveu experiência única por caminhos entre Fortaleza (CE) e a Praia da Pipa, em Tibau do Sul (RN), com cerca de 900 quilômetros percorridos em uma semana, entre os dias 16 e 22 de outubro.

Após desembarcar no aeroporto da capital cearense, os participantes iniciaram a aventura em Aquiraz, na região metropolitana. As belezas do roteiro surpreenderam a cada dia e passaram por locais como Morro Branco, em Beberibe, e Canoa Quebrada, em Aracati, no Ceará, além de Galinhos, Maracajaú e Natal, incluindo a Praia da Pipa, em solo potiguar.

“Foi uma experiência indescritível. Todos ficaram em êxtase pelos momentos incríveis que vivemos”, contou Guilherme Velloso, da GP Mini, organizadora da expedição e concessionária BRP em Belo Horizonte (MG), o que inclui os produtos da Can-Am.

A variedade de terrenos não intimidou o grupo – e muito menos as máquinas off-road da marca canadense. “Não houve nenhum incidente, o sucesso foi total. Acelerar nas dunas no Rio Grande do Norte foi como estar em um deserto, ou em um grande tapete branco e liso, e no fundo ainda conseguíamos ver o mar. Na chegada a Galinhos passamos por diversos coletores de energia eólica e quando anoiteceu, as luzes de cada um deles piscaram e o efeito foi incrível. Muitos levaram as esposas na garupa e todas as situações foram muito inusitadas para nós”, continuou Velloso.

A aventura ainda fortaleceu os laços do grupo, que já marcou outra expedição para 2015. “Conseguimos realizar este sonho de acelerar no Nordeste e todos ficaram muito unidos, sem dúvidas a amizade saiu fortalecida. Em outubro do ano que vem vamos subir um pouco mais o mapa, entre os Lençóis Maranhenses e Fortaleza”, antecipou Velloso. Para mais informações sobre os eventos da GP Mini, o telefone de contato é o (31) 3342-2190.

Publicado em CAN-AM Com a tag , , , |

Belezas do Pará no roteiro do Can-Am Adventure Tours deste sábado

Passeio para quadriciclos e UTVs movimenta trilhas de vegetação amazônica na região de Santa Izabel.
Fonte: Mundo Press

Crédito: Iuri Garcia

As belezas do Pará estão no roteiro do Can-Am Adventure Tours deste sábado, que promete momentos únicos em trilhas de vegetação amazônica. O passeio reúne proprietários de quadriciclos e UTVs de todas as marcas e tem como ponto de partida a praça do ginásio de Santa Izabel, às 9h30. Após a trilha, haverá test drive com as máquinas off-road da Can-Am na Parada dos Guarás, a partir das 14h.

O caminho terá cerca de 90 quilômetros por Santa Izabel e Americano, região marcada por belezas naturais. As paisagens incluem variedade de plantas nativas, como orquídeas e bromélias, e animais, como aves, borboletas, tamanduás e pacas. “Passaremos por trilhas com bastante vegetação, com alguns pontos mais fechados, típicos da Floresta Amazônica”, contou Vera Santos, da Direct Jet, concessionária BRP no Pará e organizadora local do evento.

“O roteiro também inclui lagos, fazendas, igarapés e até uma parada na Lagoa Azul. Iremos receber pilotos de Belém, Castanhal, Paragominas e Igarapé-Açu, a expectativa é grande para o passeio”, continuou. O Can-Am Adventure Tours estimula a “Trilha Solidária” e solicita a cada participante a doação de dois quilos de alimentos não perecíveis. “Os mantimentos arrecadados serão encaminhados a uma instituição de Santa Izabel”, concluiu Vera Santos.

Os contatos da Direct Jet para inscrições e mais informações são (91) 3249-2916 e (91) 9604-6780. O evento é organizado pela ATV Adventure e exige o uso dos equipamentos de segurança.

Publicado em BRP CAN-AM ADVENTURE TOURS, CAN-AM Com a tag , , , |

Can-Am Maverick vai ao pódio dos UTVs pelo Brasileiro de Rally Baja

André Sawaya é o segundo mais rápido na categoria Super Production do Rally Serra Azul, em Itupeva (SP), seguido por Gilberto Mayorga.
Fonte: Mundo Press

Crédito: Idário Café/Mundo Press

O Can-Am Maverick marcou presença no pódio dos UTVs pelo Brasileiro de Rally Baja. Válido como sexta etapa, o Rally Serra Azul, realizado em Itupeva (SP) neste final de semana, destacou André Sawaya como o segundo mais rápido da classe Super Production, seguido por Gilberto Mayorga. Entre os UTVs da Production Aberta, Marcelo Mistrorigo cravou o segundo melhor tempo.

A prova exigiu bastante de pilotos e máquinas, principalmente por conta do calor. “Foram dois dias muito duros por causa do clima seco e quente”, contou Sawaya. “O desafio foi bastante variado e houve lombas, pedras grandes, retas e terreno acidentado no percurso”, continuou o piloto.

O Rally Serra Azul incluiu mais de 200 quilômetros de especiais. Piloto da equipe Can-Am, Gabriel Varela terminou em oitavo na prova e segue na liderança dos quadriciclos. O calendário do Brasileiro de Rally Baja inclui mais duas etapas, nos dias 16 de novembro e 14 de dezembro, ambas no interior paulista.

Cearense de Rally de Regularidade – O Can-Am Maverick também está em destaque no Campeonato Cearense de Rally de Regularidade, cuja quinta e penúltima etapa foi realizada neste sábado. Pedro Barroso e o navegador André Reis venceram a prova entre Aquiraz e Cascavel (CE).

Irmão de Pedro, Lucas Barroso não completou a etapa, mas manteve a liderança dos UTVs. “Foi uma prova de alto nível, com muita navegação. Estou animado para a decisão”, contou Lucas. A final será realizada no dia 6 de dezembro e Pedro Barroso é o terceiro da tabela.

Publicado em Can-Am Maverick, Rally Cross Country Com a tag , , , , , |

Brasileiro de Rally Baja está na reta final para quadriciclos e UTVs

Equipe Can-Am busca vitórias no Rally Serra Azul, em Itupeva (SP), neste final de semana.
Fonte: Mundo Press

Crédito: Idário Café/Mundo Press

O Campeonato Brasileiro de Rally Baja entra na reta final e os pilotos das categorias para quadriciclos e para UTVs vivem momentos decisivos. O Rally Serra Azul, em Itupeva (SP), será realizado neste final de semana e vale como sexta etapa da competição, formada por oito provas. A equipe Can-Am é forte candidata e está de olho nos títulos das duas classes.

Gabriel Varela é o líder dos quadris com o Can-Am Renegade e pretende seguir em destaque na tabela. “O campeonato está acirrado, quero conquistar a vitória e manter a liderança. O evento é novo no calendário, ou seja, o trajeto será inédito, mas a região tem piso duro e cascalho, com trechos sinuosos e travados. Estou pronto para acelerar forte”, comentou o paulista.

A bordo do Can-Am Maverick, o time da marca canadense acelera entre os UTVs com Deninho Casarini e Rodrigo Varela, vice-líder e terceiro colocado da classe, respectivamente, com apenas um ponto de diferença. “Estou muito animado para competir perto de casa, o objetivo é estar entre os primeiros”, disse o paulista Casarini.

Varela quer subir na classificação. “Tenho que vencer para seguir forte na briga e encostar no líder. O piso da região é duro e pretendo acelerar bastante”, disse. O Can-Am Maverick também estará em ação nas mãos de Carlo Collet, André Sawaya, Valdir Amaral, Vinícius da Silva e José Mauro de Almeida, além dos pilotos do Team Casarini: Gilberto Mayorga, Reinaldo Cangueiro, Alan Douglas, Bruno Varela, Alex Sandro Costa e Marcelo Mistrorigo.

Confira a programação do Rally Serra Azul aqui.

Publicado em CAN-AM, Rally Cross Country Com a tag , , , , |

Caçador (SC) recebe etapa do Can-Am Adventure Tours

Quadriciclos agitam a programação do 4º Trilhão dos Perdidos, evento dedicado aos fãs do off-road.
Fonte: Mundo Press

Crédito: Divulgação/Can-Am Adventure Tours

A cidade de Caçador, no oeste catarinense, recebe os quadriciclos do Can-Am Adventure Tours neste domingo. O passeio para veículos de todas as marcas faz parte do 4º Trilhão dos Perdidos, evento dedicado aos fãs do off-road que reúne ainda motocicletas.

O percurso terá diversas atrações. “Serão 80 quilômetros por terrenos de reflorestamento de pinus, estradas de terra, banhados e uma travessia de rio de 150 metros”, antecipou Marcos John, da Jet Point, concessionária dos produtos BRP e organizadora local do Can-Am Adventure Tours. O ponto de encontro para será o Caçador Moto Clube. “Após os 40 km iniciais, haverá parada para um café da manhã reforçado, além de almoço no final da trilha. O percurso inclui lugares muito bonitos e lama. Quanto mais barro, melhor”, disse, com bom humor.

Os catarinenses têm tradição nas atividades off-road e a região de Caçador é uma ótima pedida. “Os quadriciclos e UTVs são veículos ideais para explorar as trilhas da cidade e dos municípios próximos, como Macieira e Matos Costa. A expectativa para o evento deste domingo é muito grande”, concluiu John. Para inscrições e mais informações, o telefone de contato da Jet Point é (47) 3361-0294.

O Can-Am Adventure Tours estimula a “Trilha Solidária” e solicita a cada participante a doação de dois quilos de alimentos não perecíveis. Os mantimentos arrecadados serão encaminhados a entidades assistenciais. O evento é organizado pela ATV Adventure e exige o uso dos equipamentos de segurança.

Publicado em BRP CAN-AM ADVENTURE TOURS, CAN-AM Com a tag , , , , |

Expedição de quadris completa mais de mil quilômetros pelo Nordeste

Grupo de 12 veículos Can-Am desvenda as belezas do Maranhão, Piauí e Ceará na Expedição Quadrijet Lençóis 2014.
Fonte: Mundo Press

Crédito: Lunga Off-Road/Flávio Krollmann

A bordo de 12 quadriciclos Can-Am, um grupo de Minas Gerais desvendou as belezas da região Nordeste em 1.031 quilômetros e seis dias de aventura. A Expedição Quadrijet Lençóis 2014 encarou diversos tipos de terrenos e desafios no caminho, que incluiu paisagens do Maranhão, Piauí e do Ceará.

A viagem com os quadris teve início do dia 20 de setembro em Humberto de Campos, no Maranhão. “O objetivo foi conhecer as belezas do Nordeste e o roteiro priorizou belíssimos atrativos turísticos como os Lençóis Maranhenses, o Delta do Parnaíba – ou Delta das Américas, Jericoacoara e a linda cidade de Fortaleza”, disse Gustavo Mascarenhas, do grupo Lunga Off-Road, que organizou o evento ao lado da Quadrijet, concessionária dos produtos BRP em Nova Lima (MG).

Logo de cara, a expedição exigiu bastante das máquinas e dos pilotos. “Os dois primeiros dias foram marcados por estradas e trilhas de areia e os quadris tiveram que andar com o 4×4 ligado praticamente o tempo todo. Houve travessia de rios em balsas e, no povoado de Atins, finalmente colocamos os quadris nas dunas maranhenses, um verdadeiro parque de diversões. Seguimos rumo aos Pequenos Lençóis, talvez o lugar mais fascinante da expedição. As dunas de 40 metros de altura foram diversão garantida”, relatou Mascarenhas.

O grupo percorreu estradas de piçarra pelo interior, com destino ao Piauí, e depois foi para Jericoacoara (CE). “Em função das estradas estreitas e da vegetação de caatinga fechada, o saldo foi de três pneus furados no percurso do terceiro dia até Parnaíba (PI). No dia seguinte, seguimos para Jericoacoara (CE) por caminhos de piçarra seca, mangue e outros vários tipos de terrenos. Percorremos as dunas de Barra dos Remédios, um lugar paradisíaco, e passamos aperto para chegar em Camocim a tempo de pegar as balsas para Jeri. Foi um dia fascinante pelas paisagens, mas também bastante tenso”, explicou.

Depois de um merecido dia de descanso em Jericoacoara, o destino final da expedição foi a capital Fortaleza (CE). “Esperávamos que este seria o trajeto mais difícil, e tudo isso se confirmou. Houve travessia de braço do mar que exigiu cautela, além de quatro travessias de balsa – em cada uma delas, passaram apenas quatro quadris por vez. O roteiro do dia teve ainda 70% de praias. Foi muito grande a satisfação de completar a expedição após quase 15 horas de pilotagem”, concluiu Gustavo Mascarenhas.

Roteiro – Expedição Quadrijet Lençóis 2014
20/09 – Humberto de Campos (MA) / Barreirinhas (MA) – 154 km percorridos
21/09 – Barreirinhas (MA) / Tutóia (MA) – 116 km percorridos
22/09 – Tutóia (MA) / Parnaíba (PI) – 183 km percorridos
23/09 – Parnaíba (PI) /Jericoacoara (CE) – 242 km percorridos
24/09 – Dia de descanso
25/09 – Jericoacoara (CE) / Fortaleza (CE) – 336 km percorridos.

Publicado em BRP CAN-AM ADVENTURE TOURS, CAN-AM ADVENTURE TOURS BRASIL SPIRIT Com a tag , , , , , |

O emplacamento de quadriciclos sob os olhos da Lei

Fonte: Motonline

Foto: Divulgação

Os quadriciclos têm se tornado um dos “brinquedos de gente grande” mais cobiçados da atualidade, isso devido às inúmeras possibilidades de diversão que eles oferecem a quem gosta de off-road. Isso também ocorre devido à exposição cada vez mais frequente deste tipo de veículo em provas de rallys e enduros, onde são colocadas à prova a sua grande capacidade de suportar os sacrifícios duríssimos que as competições impõem ao simpático veículo, que nada mais é que uma moto de quatro rodas, o que lhe confere equilíbrio, dispensando o piloto dessa tarefa.

Um dos fatores que inibem a sua proliferação em grande escala é a dificuldade de licenciamento no Brasil, o que os impede de circular em vias normais de tráfego. Seu uso em ruas ou estradas, sem estar emplacado, é considerado infração de trânsito com a imposição de pesadas multas ao condutor. Levar o quadriciclo até os locais onde serão utilizados ou para as manutenções preventivas ou corretivas, exige que o proprietário tenha uma picape ou carreta apta para o seu transporte, itens que, somados ao preço do quadri, acabam encarecendo o hobby.

O Parágrafo único do Artigo 1º do CTB – Código de Trânsito Brasileiro - estabelece que: “Para os efeitos deste Código, são consideradas vias terrestres as praias abertas à circulação pública e as vias internas pertencentes aos condomínios constituídos por unidades autônomas”, ou seja, só se pode transitar livremente com um quadri dentro de propriedades privadas. Até mesmo aquela voltinha nas dunas ou matas próximas à sua casa são consideradas transgressões de trânsito, caso o quadri não esteja emplacado.

Entretanto, ao analisarmos esse tema sob a luz do CTB, chegamos à conclusão que os quadriciclos, por serem reconhecidos na legislação que regula o trânsito em nosso país, SÃO EMPLACÁVEIS como qualquer outro veículo, já que o Artigo 96 do CTB, cita-o com clareza e define o QUADRICICLO como veículo AUTOMOTOR (quanto à tração), de uso no transporte de PASSAGEIROS ou CARGA. Para tanto, o quadri deverá ser homologado pelo Contran para receber o Renavan.

O parágrafo “V” da resolução 014/98 do Contran estabelece que, para circular, o quadriciclo deverá estar equipado com:

1 – espelhos retrovisores, de ambos os lados;
2 – farol dianteiro, de cor branca ou amarela;
3 – lanterna, de cor vermelha na parte traseira;
4 – luz de freio, de cor vermelha;
5 – indicadores luminosos de mudança de direção (setas), dianteiros e traseiros;
6 – iluminação da placa traseira;
7 – velocímetro;
8 – buzina;
9 – pneus que ofereçam condições mínimas de segurança;
10 – dispositivo destinado ao controle de ruído do motor;
11 – protetor das rodas traseiras.

Obs: Além destes ítens obrigatórios, incluem-se placas na dianteira e traseira, sendo que esta última deverá ser lacrada ao chassi do veículo.

Por se tratar de um veículo de quatro rodas, a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) exigida é a categoria “B” ou superior. A categoria “A” não dá o direito de conduzir um quadriciclo, sujeitando seu condutor às penalidades da lei. Segundo o que prega a Resolução do Contran nº 203/206, é obrigatória a utilização de capacetes, tanto para o piloto como para o passageiro que trafeguem em quadriciclos motorizados. A não observância dessa regra é punível com multa e suspensão do direito de dirigir.

A circulação com quadriciclos em vias terrestres sujeita-o ao que prevê o Artigo 3º do CTB:

” Art. 3º As disposições deste Código são aplicáveis a qualquer veículo, bem como aos proprietários, condutores dos veículos nacionais ou estrangeiros e às pessoas nele expressamente mencionadas”.

Derivado dos quadriciclos, recentemente chegou ao mercado o UTV, que, se emplacado, pode também tornar-se meio de lazer e deslocamento urbano. Seu tamanho reduzido traria como benefícios imediatos a economia de combustível e, principalmente, a facilidade de estacionamento, que diferente dos carros, permitiria o estacionamento perpendicular à via, tal qual as motos. Existem também UTVs com capacidade para 4 ocupantes.

Foto: Divulgação BRP | CAN-AM

As diferenças entre os quadriciclos e os UTVs resumem-se a três itens:

QUADRIS:
Disposição de Ocupantes > Piloto senta-se à frente e passageiro atrás
Controle de Direção > Guidão

Proteção (gaiola) > Não

UTVs:
Disposição de Ocupantes > Piloto e passageiro sentam-se lado a lado (havendo opção para 4 ocupantes, ou mais 2 passageiros no banco de trás)
Controle de Direção > Volante
Proteção (gaiola) > Sim

IMPORTANTE ► Como no Brasil as leis estão sujeitas à interpretação dos órgãos de trânsito regionais, o Portal Motonline recomenda que, antes de comprar um quadriciclo ou UTV visando seu licenciamento e emplacamento, lembre-se de consultar o órgão de trânsito da sua cidade para evitar surpresas desagradáveis. ;)

Publicado em CAN-AM, CAN-AM ADVENTURE TOURS BRASIL SPIRIT Com a tag , , , , |

BRP leva segunda geração do Evinrude E-TEC ao São Paulo Boat Show

Lançamento dos motores de popa Evinrude é destaque no estande da BRP, que ainda expõe as motos aquáticas Sea-Doo e os veículos Can-Am no evento.
Fonte: Mundo Press

Crédito: Gilberto Mayorga

A BRP apresenta ao mercado brasileiro os motores de popa G2, a segunda e novíssima geração dos já consagrados Evinrude E-TEC, durante o São Paulo Boat Show. O salão náutico teve início nesta quinta-feira no Transamérica Expo Center, na capital paulista, e vai até o próximo dia 30. O estande da BRP também atrai atenções por levar ao evento o que há de melhor em produtos do segmento powersports, incluindo as motos aquáticas Sea-Doo e os veículos on-road e off-road da Can-Am.

O dia de abertura foi marcado por grande movimentação no estande da BRP, principalmente por parte da imprensa, para ver de perto os motores Evinrude E-TEC G2. No centro do espaço, um grande cubo convida o público a entrar na nova era dos motores de popa e ainda montar a combinação de cores ideal, já que o produto é o primeiro totalmente personalizável. A BRP também comemora um ano de sucesso da moto aquática Spark no Brasil, com direito a distribuição de picolés, e expõe outras máquinas da Sea-Doo. A Can-Am marca presença por meio de seus quadriciclos e UTVs, além do roadster Spyder RT LTD, destaque das estradas.

“É importante mostrar nossos produtos e dar visibilidade às novidades para o público habitual, bem como para os novatos do evento. Temos a expectativa de cada vez mais fortalecer as nossas marcas, ampliando o potencial público consumidor neste São Paulo Boat Show”, afirmou Fernando Alves, gerente comercial regional da BRP no Brasil. “Todas as marcas BRP estão presentes no estande. O nosso consumidor e o público em geral tem a oportunidade de, em um único espaço, conferir a maior diversidade de produtos do segmento powersport do mercado brasileiro”, continuou Alves, lembrando que os motores Evinrude E-TEC G2 ainda representam a marca nos estandes de diversos estaleiros, equipando os seus barcos.

O lançamento da Evinrude promete causar grande impacto no mercado de motores de popa, assim como o Sea-Doo Spark, há um ano, revolucionou as motos aquáticas. “A G2, segunda geração do E-TEC, é a última palavra em tecnologia em motores de popa, pois traz de forma superior características como baixo consumo de combustível, confiabilidade mecânica e os mais baixos níveis de emissão, aliadas ao que há de melhor nos motores dois tempos, que é o torque disponível. Isso traz desempenho e economia superiores aos modelos concorrentes – um binário que normalmente é inversamente proporcional, mas com materiais e tecnologia nós chegamos lá”, concluiu Alves.

BRP no São Paulo Boat Show 2014
Programação: Até dia 30 de setembro (dias de semana, das 13h às 22h; final de semana, das 12h às 22h; e dia 30, das 13h às 21h)
Localização espaço BRP: Estande G2 no Transamérica Expo Center, em São Paulo-SP (Rua Mario Villas Boas Rodrigues, 387, bairro Santo Amaro)
Site oficial do evento: www.boatshow.com.br

Publicado em CAN-AM Com a tag , , , , , |

Grupo de aventureiros de MG se prepara para Expedição Off-Road

Um grupo de 12 amigos vai curtir umas férias para lá de agitadas! Tudo pronto para a Expedição Quadrijet Lençóis 2014, uma parceria da concessionária Quadrijet com o Grupo “Lunga Off-Road”.

Foto: Divulgação - Expedição Quadrijet Lençóis 2014

A aventura tem início no próximo sábado, 20/09, em Humberto de Campos/MA. Ao todo, o grupo percorrerá cerca de 1.200 KM entre praias, dunas e trilhas interioranas, passando por 3 estados: Maranhão, Piauí e Ceará, onde a expedição termina, no dia 26/09, na praia de Cumbuco, Fortaleza/CE.

Ao todo 12 quadriciclos e 1 UTV, farão todo o percurso sem a contratação de guias, mas com o “Lunga Off-Road” – um grupo de amigos de Sete Lagoas e Belo Horizonte/MG que, desde 2011, realiza trilhas e expedições de quadriciclos.

O experiente grupo tem em seu portfólio a Estrada Real completa (Parati/RJ a Diamantina/MG), as importantes trilhas da Serra da Canastra, 100% das trilhas da Serra do Cipó, além de muitas trilhas e percursos off-road de Minas Gerais.

Todo o levantamento das trilhas e a navegação desta Expedição foram feitos antecipadamente pelo grupo, assim como, o embarque dos quadris, que ocorreu no dia 12/09.

A programação resumida da Expedição Quadrijet Lencóis 2014 é a seguinte:

20/09 > De Humberto de Campos/MA a Barreirinhas/MA

21/09 > de Barreirinhas/MA a Tutóia/MA

22/09 > de Tutóia/MA a Parnaíba/PI

23/09 > de Parnaíba/PI a Jericoacoara/CE

24/09 > trilhas no entorno de Jericoacoara

25/09 > de Jericoacoara/CE a Fortaleza/CE

Desejamos aos amigos boas trilhas e uma excelente viagem! E vamos acompanhar o dia a dia dessa grande aventura!!! ;)

Publicado em CAN-AM ADVENTURE TOURS BRASIL SPIRIT Com a tag , , , |