Proteja-se para a trilha de quadri

Fonte: Quadriciclo Brasil

Crédito: Divulgação

Há alguns anos houve o “boom” na venda de quadriciclo, e isso fez com que o veículo, não tão popularizado até os anos 90, esteja presente cada vez foto 1A (4).JPGfoto 1A (4).JPGmais, principalmente em trilhas, praias e condomínios. O grande problema é que muitas pessoas pensam que o quadriciclo é bem menos perigoso que uma moto, por exemplo, e não tomam as precauções devidas. É essencial o uso de equipamentos de segurança, que são os mesmos utilizados pelos que praticam motocross: botas, luvas, calça, camisa de manga longa, joelheira, cotoveleira e, principalmente, o capacete.

Por que devo me proteger ao andar em quadriciclos?

Quando, por exemplo, o condutor está em uma alta velocidade, o quadriciclo não permite muitas opções. O equipamento de segurança é o que garante a integridade física do condutor, e é imprescindível o uso dele. O capacete protege a cabeça e é essencial, já que se trata de um tipo de veículo diferente do carro, ou seja, que não tem um revestimento externo. Batidas ou acidentes que envolvem traumas na cabeça podem ser fatais. Os outros equipamentos protegem o restante do corpo dos machucados, batidas, arranhões e cortes.

Qual é o custo médio desses equipamentos?

Bons capacetes podem ser encontrados em valores que variam desde os R$ 250 até os modelos mais caros, tudo depende do que o seu bolso permite. Já as roupas de segurança, como as camisas, variam entre R$ 30 e R$ 70, enquanto as calças que fazem parte do equipamento de segurança variam entre R$ 80 e R$ 400. Os óculos podem ser encontrados a partir de R$ 100, as luvas a partir de R$ 35, as joelheiras e cotoveleiras a partir de R$ 65, os coletes a partir de R$ 150, as botas a partir de R$ 250 e um sistema de hidratação pode ser instalado com preços que variam desde R$ 80.

Como os quadriciclos são utilizados em caminhos mais acidentados e escorregadios, o condutor precisa ter alguma experiência e dirigir em uma velocidade confortável. Além disso, dirigir em asfalto ou em qualquer outro terreno on-road aumenta-se o risco consideravelmente, pois o quadriciclo perde sua estabilidade. No entanto, sem o uso dos equipamentos de segurança individual, o risco dos acidentes é potencializado e os danos podem ser grandes, assim como nos acidentes que envolvem motocicletas. Guiar um quadriciclo parece mais fácil, porém, o equipamento de segurança é necessário, e o único que pode garantir a proteção.

Publicado em CAN-AM Com a tag , |

Rally Transbahia terá competidores de 14 Estados

Entre profissionais e amantes do esporte, prova conta com pilotos e navegadores vindos do Norte ao Sul do país nos dias 24, 25 e 26 de abril.
Fonte: Mundo Press

Crédito: Divulgação

O Rally Transbahia 2015 irá reunir uma verdadeira caravana off-road nos dias 24, 25 e 26 de abril. Entre profissionais e amantes do esporte, a competição conta com representantes de 14 Estados, do Norte ao Sul do país. A prova tem largada e chegada em Camaçari, região metropolitana de Salvador (BA), e inclui carros, motos, quadriciclos e UTVs. O percurso total será de aproximadamente 600 quilômetros, com pernoites nas cidades de Alagoinhas e Conde.

O grid da quinta edição do Rally Transbahia já superou a marca de 200 inscritos – metade deles é da Bahia. Minas Gerais terá grande representatividade, com 25 competidores, assim como o Tocantins, com 17. A lista de Estados inscritos inclui ainda Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Sergipe, Ceará, Pernambuco, Piauí e Maranhão.

“O Rally Transbahia é um dos melhores do calendário, por isso a cada ano mais gente quer participar”, comentou Gildo José Tavares, que irá competir entre as motos da Over 40 e organiza a ida dos pilotos do Tocantins. “Os que nunca foram estão muito ansiosos, e o grupo está bastante empolgado de uma forma geral. Espero que a gente consiga levar alguns troféus para o Tocantins”, continuou.

O gaúcho Marcelo Fabro, de Caxias de Sul, irá rodar cerca de cinco mil quilômetros pelas estradas brasileiras para competir no Rally Transbahia. Ele está confirmado na Sênior, também de motocicleta, e participou das duas primeiras edições do evento. “Vale a pena a viagem para competir na Bahia, onde o terreno é diferente do Sul. Gosto de andar em solo arenoso, é outro tipo de diversão, e aprecio muito o formato das provas de regularidade. O piloto é testado o tempo todo e é preciso concentração total. As paisagens também são muito bonitas”, explicou.

O Rally Transbahia vale pelas disputas dos títulos nacionais de Enduro de Regularidade (para motos, quadris e UTVs) e de Rally de Regularidade para carros. Por isso, também atraiu a atenção de diversos pilotos de renome, como o atual campeão brasileiro das motos, o capixaba Jomar Grecco, e o multicampeão de rally André Azevedo. Nos carros, outro competidor de peso será Magno Aragão, piloto de Niterói (RJ) detentor de diversos títulos em provas off-road. Ele contará com o navegador Paulo Renato Carvalho, de Minas Gerais.

“O objetivo principal sempre é vencer”, afirmou Aragão, que foi vice-campeão dos carros no Transbahia em 2013. “A expectativa é de que seja uma bela prova. O evento é sempre muito charmoso, por ser na Bahia, e a credibilidade da organização faz com que eu participe sempre que posso”, concluiu.

A quinta edição do Rally Transbahia tem patrocínio do Governo da Bahia, por meio da Superintendência dos Desportos do Estado (SUDESB), de Cristal Pigmentos e da BSC Copener. O co-patrocínio é das Prefeituras Municipais de Camaçari e de Alagoinhas e o apoio, da Prefeitura Municipal de Conde e da Knowhow Transportes.

A realização é da Adrenalina Eventos, com supervisão da Confederação Brasileira de Motociclismo (CBM), Federação Baiana de Motociclismo (FBM), Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA) e Federação de Automobilismo da Bahia (FAB).

Publicado em CAN-AM Com a tag , |

Dicas para se preparar para uma trilha de quadriciclo

Fonte: Quadriciclo Brasil

Crédito: Divulgação

A manhã que antecede a sua primeira trilha é uma das mais importantes que você terá na sua vida de trilheiro. É nela que começam a surgir às dúvidas sobre como vai ser o caminho e como se preparar bem para ele. Se você já tiver alguma experiência com jipe ou com moto trilheira, com certeza será mais fácil. Porém, ainda assim a vida em um quadriciclo será diferente, principalmente porque o nível de desgaste será outro, e as necessidades em caso de emergência também. Por isso, preparamos esse especial com um pouco de tudo que você não pode esquecer na hora de se preparar para uma trilha.

Revisão

Comece pelo básico, e isso é ver se o seu quadriciclo está funcionando de acordo com as necessidades da trilha. Veja se o motor não apresenta algum barulho estranho, veja se a suspensão está funcionando bem, teste os freios, calibre os pneus – Veja a nossa matéria sobre calibragem. E não esqueça também de estar com o tanque cheio! Fez a revisão e agora tem certeza de que está tudo ok? Aí, sim, podemos ir para o próximo item.

Equipamentos

Tem certeza de que está levando todos os equipamentos de proteção além do capacete? Botas, luvas, protetores de peito, coxa e braços devem estar em ordem também – Veja nossa matéria sobre Equipamentos de Proteção. Está levando cinta ou corda? Ela sempre é necessária mais cedo ou mais tarde no passeio. E não deixe de levar luvas, que elas fazem muita diferença depois das três primeiras horas por conta do conforto que proporcionam. E meias, não se esqueça delas, para o conforto dos seus pés. E, por fim, não se esqueça de levar uma sacola para colocar a roupa suja e não deixar o carro, a casa ou o elevador do prédio imundos de barro.

Saúde

Camelback é indispensável, pois a hidratação é sua principal companheira. Não leve comida, pois provavelmente pra onde você vai terá algum lugar no meio do nada para fazer um lanche, mesmo assim procure saber. Ao invés de levar coisas, invista em um café da manhã reforçado e, no máximo, leve barras de proteína ou isotônicos. E, antes de sair de casa ou começar a trilha, não se esqueça de ir ao banheiro.

Publicado em CAN-AM Com a tag , , |

VillaMotorsports reúne 26 veículos na Expedição Jalapão 2015

Evento reuniu clientes e amigos da concessionária CAN-AM de Brasília e Goiânia para, juntos, desfrutarem das belezas naturais do Parque Estadual do Jalapão, em Tocatins.

O resultado: fotos incríveis e momentos que ficarão para sempre na memória da galera! ;)

Confiram!

Crédito das Imagens: Iuri Garcia / Erico Bizzo

Publicado em BRP CAN-AM ADVENTURE TOURS, CAN-AM ADVENTURE TOURS BRASIL SPIRIT, CAN-AM DAKAR 2013 Com a tag , , , , , , , , , |

Brasileiro de Rally Baja – Rodrigo Varela é mais líder da UTV Pro

Piloto vence as disputas da categoria no Rally da Ilha, em Ilha Comprida (SP), a bordo do Can-Am Maverick Xds Turbo.
Fonte: Mundo Press

Crédito: Ney Evangelista/DFotos

Rodrigo Varela é mais líder entre os UTVs da classe Pro no Campeonato Brasileiro de Rally Baja. A bordo do Can-Am Maverick Xds Turbo, lançamento da marca canadense para 2015, o piloto paulista venceu as disputas da categoria no Rally da Ilha, realizado neste final de semana em Ilha Comprida, litoral sul de São Paulo. A prova foi válida como terceira e quarta etapas do calendário e contou com número recorde de UTVs em provas nacionais: 50 inscritos.

Em dois dias, os pilotos percorreram pouco mais de 460 quilômetros, incluindo 76 de deslocamentos. “A prova foi muito boa e as disputas, equilibradas. Aumentei a vantagem para o segundo colocado na classe Pro e fiquei satisfeito com o desempenho. Vou trabalhar ainda mais para as próximas etapas”, comentou Varela, que cravou o tempo acumulado de 3h38min36 – o terceiro melhor na classificação geral. Marcelo Gastaldi também foi ao pódio da categoria Pro no Rally da Ilha, em terceiro lugar (4h16min21).

O Can-Am Maverick Xds Turbo dominou a categoria UTV Turbo Production, com o piloto Fábio Citro em primeiro (3h44min16) e Daniel Luiz Costa na segunda colocação (3h44min30). A família Can-Am Maverick ainda emplacou o segundo lugar de Pedro Queirolo na UTV Production (3h50min59) e a quarta posição de Gilberto Mayorga na UTV Super Production (3h47min37). As próximas etapas do Brasileiro de Rally Baja estão marcadas para os dias 13 e 14 de junho, em Botucatu (SP).

Publicado em CAN-AM, Can-Am Maverick Com a tag , , , , |

Com recorde de UTVs, Brasileiro de Rally Baja acelera no litoral de SP

Rally da Ilha, em Ilha Comprida (SP), atinge o número de 50 inscritos na categoria, com destaque para o Can-Am Maverick Xds Turbo.
Fonte: Mundo Press

Crédito: Claudio Rieser

Os UTVs definitivamente conquistaram os fãs do off-road no país. O Campeonato Brasileiro de Rally Baja atingiu o número de 50 inscritos para a terceira e a quarta etapas do calendário, que serão realizadas neste final de semana no Rally da Ilha, em Ilha Comprida, litoral sul de São Paulo. O número é recorde em solo nacional, e ainda é apontado como um dos mais expressivos do mundo. O Can-Am Maverick Xds Turbo, lançamento da marca canadense para 2015, é o centro das atenções da categoria e acelera forte em busca de vitórias.

Líder da classe UTV Pró, o paulista Rodrigo Varela viu a categoria crescer consideravelmente nos últimos anos. “O UTV é muito rápido, divertido e fácil de guiar. Não deixa a desejar a nenhum outro veículo e ainda é seguro e muito mais acessível. Por esses motivos, diversos pilotos têm migrado para os UTVs e trazido a sua família e esposas”, analisou.

Sobre a disputa no Rally da Ilha, o piloto destacou o terreno arenoso e as altas velocidades. “A prova é rápida, com muitas retas, e o terreno força muito o equipamento. É preciso saber poupar no momento certo e o Maverick Xds Turbo vai surpreender todo mundo”, garantiu. A Can-Am ainda acelera com os pilotos André Sawaya, Deninho Casarini e Marcelo Gastaldi na UTV Pró.

Na UTV Turbo Production, o Maverick Xds Turbo estará nas mãos do piloto Dimas Pimenta III, que lidera a classe seguido por José Jorge Sawaya. Valdir do Amaral está inscrito na disputa. A Can-Am também vai forte para a categoria UTV Super Production, com o vice-líder Gilberto Mayorga e Gabriel Varela, terceiro colocado. Estão confirmados ainda Pedro Queirolo e Gunter Hinkelmann.

O Rally da Ilha terá como base a Arena de Eventos de Ilha Comprida. O percurso de sábado será formado por 170 quilômetros de trechos cronometrados, além de 32 km de deslocamentos e um Super Prime (com circuito de 1,6 km). Já no domingo os pilotos percorrerão 218 km de especiais e 44 km de deslocamentos.

Publicado em CAN-AM Com a tag , , , , , |

Vem aí a 3ª e 4ª Etapas do campeonato Brasileiro de Rally Baja

Brasileiro de Rally Baja para motos, quadricilos e UTVs chega ao litoral paulista para mais uma rodada repleta de disputas acirradas.
Fonte: Arena Cross Country e Baja

Crédito: Divulgação

Mais uma grande aventura aguarda os competidores para a 3ª e 4ª etapas do Campeonato Brasileiro de Rally Baja, válida para as motos, quadriciclos e UTVs. A Estância Balneária de Ilha Comprida, situada no Litoral Sul à 190 quilômetros da capital paulista, será palco da 8ª edição do Rally da Ilha entre os dias 10 a 12 de abril. O evento terá concentração na Avenida Beira Mar, próximo ao Corpo de Bombeiros.

Na belíssima e famosa por ser a maior ilha do litoral paulista, com 74 quilômetros de extensão e no máximo quatro quilômetros de largura, a Arena Promoções e Eventos, organizadora do Rally da Ilha, prepara um percurso que exigirá destreza e muita habilidade dos inscritos em dois dias de disputas.

“É a boa regularidade nas duas etapas que estamos preparando que definirá os melhores da prova. O intuito é fazer um rali desafiador, para que o participante saia satisfeito. Para isso, levantamos um roteiro técnico e divertido”, afirma o diretor de prova, Henrique Arena.

As inscrições já estão abertas no site oficial, www.rallydailha.com.br, onde também encontram-se todas as informações do evento. Acompanhe a etapa pelo facebook (Rally Ilha Comprida).

O VIII Rally da Ilha é uma realização da Arena Promoções e Eventos e têm a supervisão da CBM – Confederação Brasileira de Motociclismo e CBA – Confederação Brasileira de Automobilismo. A prova conta com o patrocínio da Can-Am e, apoio da Bike Box e da Prefeitura Municipal de Ilha Comprida.

PROGRAMAÇÃO – RALLY DA ILHA 2015:

Local – Arena de Eventos. ( próximo ao corpo de bombeiros)
Wp-S-24 44.903 W 4733.025.

Dia 10 de abril – Sexta-Feira
14h00 às 17h30 – Secretaria de prova
14h30 às 18h00 – vistoria

Dia 11 de abril – Sábado
Local – Arena de Eventos. ( próximo ao corpo de bombeiros)
Wp-S-24 44.903 W 4733.025
7h00 às 9h00 – Secretaria de prova
7h00 às 9h00 – vistoria
9h30 – Briefing
11h00 – largada Especial com 170 km ( duas voltas com 85km)
16h30 – Super Prime com 1,6 km
19h30 – Briefing e posição de largada

Dia 12 de abril – Domingo
8h30 – Largada- Especial com 218 Km ( duas voltas de 109)
Local – Arena de Eventos
16h00 – Premiação

Hospedagem

Hotel Oficial da prova
Pousada Recanto
Rua das Margaridas 65 – Balneário Meu Recanto
(13)3842-3838 / 3842-1546

Calendário Arena Promoções e Eventos 2015:

11 e 12/04 – Rally Ilha Comprida – Ilha Comprida/SP – C.B.Baja
13 e 14/06 – Rally Cuesta Off Road – Botucatu/SP – C.B.Baja e B.C.Country
04 e 05/07 – Rally Jalapão 500 – Tocantins/TO – Baja
12 e 13/09 – Rally Serra Azul – a definir – Baja
07 e 08/11 – Rally Rota Sudeste – a definir – C.B.Baja e B.C.Country

Calendário do Campeonato Brasileiro de Rally Baja 2015:

01 Etapa – Rally de Barretos/SP – 07 e 08 de Março
02 Etapa – Rally Ilha Comprida/SP – 11 e 12 de Abril
03 Etapa – Rally Cuesta Off Road – Botucatu/SP – 13 e 14 de Junho
04 Etapa – Rally do Jalapão 500 – Tocantins/TO – 04 e 05 de Julho
05 Etapa – Rally Serra Azul- a definir – 12 e 13 de Setembro
06 Etapa – Rally Rota SC-Tijucas/SC – 03 e 04 de Outubro
07 Etapa – Rally Rota Sudeste – a definir – 07 e 08 de Novembro
08 Etapa – Rally dos Amigos/SP – 12 de Dezembro
* Sujeito a alterações

Publicado em BRP CAN-AM ADVENTURE TOURS Com a tag , , , , |

Lucas Barroso inicia Brasileiro de Rally Cross Country no pódio dos UTVs

Ao lado do navegador Lauro Sobreira, piloto Can-Am é destaque a bordo do Maverick Xds Turbo no Rally do Velho Chico, no Alagoas.
Fonte: Mundo Press

Crédito: Doni Castilho/DFotos

Lucas Barroso subiu no pódio dos UTVs no Rally do Velho Chico, que abriu o Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country no Estado do Alagoas. Ao lado do navegador Lauro Sobreira, o piloto da equipe Can-Am foi o segundo mais rápido da classe UTV Turbo a bordo do Maverick Xds Turbo, além de confirmar a terceira colocação entre todos os veículos da categoria. A prova largou de Maceió no último sábado e incluiu 500 quilômetros de percurso até a cidade de Traipu, palco da chegada neste domingo.

Apesar dos resultados consistentes, Barroso enfrentou dificuldades pelo caminho. “Conseguimos um bom ritmo de prova, mas tivemos pneu furado nos dois dias. A prova foi travada, com bastante pedra, e muita gente ficou pelo caminho. Foi quebradeira”, ressaltou. “Para mim o calor não foi problema, já que sou do Ceará. A navegação foi difícil, principalmente no primeiro dia de prova, mas não cometemos erros”, continuou.

O piloto abriu a temporada 2015 com duas vitórias em provas de regularidade, no Piocerá (quando confirmou o bicampeonato) e na abertura do Cearense de Rally de Regularidade – ambas com o Maverick Xds Turbo. “Mais uma vez o UTV estava perfeito. A adaptação para as provas de cross country foi muito boa”, concluiu Barroso.

Publicado em CAN-AM, Rally Cross Country Com a tag , , |

Lucas Barroso acelera na abertura do Brasileiro de Rally Cross Country

Piloto da equipe Can-Am conta com o navegador Lauro Sobreira na categoria para UTVs, a bordo do novo Maverick Xds Turbo.
Fonte: Mundo Press

Crédito: Angelo Savastano

O cearense Lucas Barroso acelera entre os UTVs do Rally do Velho Chico, que tem início nesta sexta-feira com o prólogo em Maceió (AL) e vale como abertura do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country. O piloto Can-Am conta com o navegador Lauro Sobreira e compete a bordo do lançamento Maverick Xds Turbo, na nova classe UTV Turbo. Após 500 quilômetros de percurso, a chegada será neste domingo em Traipu (AL).

Lucas Barroso começou a temporada 2015 a todo valor e já conquistou duas importantes vitórias com o Maverick Xds Turbo: no Piocerá, quando confirmou o bicampeonato da prova em janeiro, e na etapa de abertura do Cearense de Rally de Regularidade, dia 14 de março. “Será o primeiro desafio do ano no formato cross country e a expectativa é muito boa. Fiquei em segundo lugar no Velho Chico do ano passado, a vitória escapou nos últimos 10 quilômetros”, lembrou Barroso, que representa a equipe Terrabella Racing.

O roteiro deste ano tem pernoite em Pão de Açúcar e passa ainda pelas cidades alagoanas de Girau do Ponciano, Major Izidoro, Monteirópolis Palestina, Belo Monte, Batalha e Jaramantaia. “Eu conheço pouco a região da prova, mas deve ter bastante piçarra e clima seco. A disputa irá reunir alguns dos melhores pilotos do país, vai ser bastante acirrada, e o primeiro objetivo sempre é completar bem o roteiro. Tenho bastante entrosamento com o navegador Lauro Sobreira e estou muito satisfeito com o carro. Estamos trabalhando o acerto ideal para as provas de velocidade”, concluiu.

Publicado em CAN-AM, Rally Cross Country Com a tag , , , |

Lucas Barroso inicia Cearense de Rally de Regularidade na liderança

A bordo do Can-Am Maverick Xds Turbo, atual campeão dos UTVs vence duelo acirrado com o irmão, Pedro Barroso, segundo colocado na etapa de abertura.
Fonte: Mundo Press

Crédito: Angelo Savastano

Lucas Barroso iniciou da melhor forma a defesa do título dos UTVs no Campeonato Cearense de Rally de Regularidade. A bordo do novo Can-Am Maverick Xds Turbo, o piloto venceu a etapa de abertura, realizada no último sábado em Aquiraz, região metropolitana de Fortaleza (CE). O duelo foi acirrado com o irmão dele, Pedro Barroso, que ficou em segundo lugar na Graduados por conta de critério de desempate com o Can-Am Maverick MAX X rs.

Lucas Barroso começou a temporada 2015 a todo vapor, com o bicampeonato dos UTVs no Rally Piocerá, em janeiro, quando fez sua estreia com o Can-Am Maverick Xds Turbo. No Cearense de Rally de Regularidade, ele conta com o navegador Lauro Sobreiro. “A categoria para UTVs teve 12 inscritos, metade deles na Graduados, e a primeira etapa mostrou que as disputas serão muito acirradas. A diferença foi mínima entre os três primeiros colocados, todos com UTVs Can-Am”, comentou. Pedro Barroso contou com o navegador Kamilo Barbosa.

Os resultados mostraram na prática a eficiência da Terrabella Racing, que ainda emplacou Thiago Covas / Aníbal Feijó (com o Can-Am Maverick MAX X rs) em terceiro lugar da Graduados. Na Estreantes, a dupla Rafael Braga / Elder Sampaio (Can-Am Maverick Xds Turbo) levou a taça e Arthur Lima / Daniel Aguiar ficou em terceiro lugar (Can-Am Maverick MAX X rs).

“Choveu na região, então a prova foi marcada por poças de água, lama e navegação repleta de laços e pegadinhas”, continuou Lucas Barroso, em harmonia com o Can-Am Maverick Xds Turbo. “O veículo é incrível, ainda mais no tipo de terreno que encontramos em Aquiraz. Cada vez eu me surpreendo mais com as qualidades no UTV, a potência do motor é uma atração à parte”, concluiu o piloto.

O Cearense de Rally de Regularidade terá seis etapas para definir os campeões, sendo que a próxima está marcada para o dia 23 de maio.

Publicado em CAN-AM Com a tag , , |